Relatório & Contas 2012

Uma Rede em Evolução

Eletricidade

Em finais de 2012, a RNT era constituída por 8.533,8 quilómetros de linhas, 65 subestações transformadoras e 13 postos de corte, de seccionamento e de Transição.

Rede Nacional de Transporte 2012-12-31 2011-12-31 Var (%)
Comprimento de linhas em serviço (km) 8.534 8.371 1,9
400 kV 2.333 2.236 4.2
220 kV 3.521 3.492 0,8
150 kV 2.680 2.643 1,4
Potência de transformação em serviço (MVA) 33.915 33.777 0,4
Autotransformação 13.410 13.410 0
400/220 kV 6.300 6.300 0
400/150 kV 5.990 5.990 0
220/150 kV 970 970 0
150/130 kV 150 150 0
Transformação 20.505 20.367 0,7
400/60 kV 3.230 3.060 5,3
220/60 kV 11.443 10.997 3,9
150/60 kV 5.692 6.170 -8,4
150/130 kV 140 140 0

Download Tabela

A RNT garante o escoamento da energia elétrica desde os Centros Eletroprodutores até às subestações transformadoras, nas quais é entregue a 60 kV à Rede Nacional de Distribuição.

A RNT estabelece igualmente a ligação com a Rede Europeia de Transporte através de nove interligações com a Rede de Transporte de Espanha e efetua a entrega de energia diretamente em MAT a diversos consumidores.

O Centro de Despacho Nacional, sediado em Sacavém (Loures), coordena o funcionamento global e garante o equilíbrio do Sistema Elétrico Nacional. O Centro de Operação da Rede, sediado em Vermoim (Maia), permite a monitorização e operação remota dos equipamentos da Rede Nacional de Transporte.

A Rede Corporativa de Telecomunicações, em grande parte apoiada nas infraestruturas mencionadas (fibra ótica e feixes hertzianos), apoia a transmissão de dados, ordens de comando aos elementos de rede e permite as comunicações indispensáveis à exploração da RNT.

A interligação com a Rede de Transporte de Espanha era assegurada por uma linha a 130 kV entre o Minho e a Galiza, três linhas a 220 kV no Douro Internacional e cinco linhas a 400 kV, duas entre o Minho e a Galiza, uma no Douro Internacional, uma no Tejo Internacional e uma entre o Alentejo e a Estremadura. Entre o Algarve e a Andaluzia já se encontra concluído o troço nacional de uma nova interligação, a 400 kV.

01. Mensagem do Presidente

03. Envolvente Económica

Print | Centro de downloads
‹ Anterior Seguinte ›